Diagnóstico

Clínica

A manifestação clínica mais frequente das Síndromes Coronárias Agudas (SCA) inclui a dor torácica de caraterísticas anginosas:

- localização precordial, retroesternal ou epigástrica;

- tipo aperto, constrição ou peso;

- irradiação para o membro superior esquerdo, mento ou dorso;

- duração variável

Os equivalentes anginosos (síncope, dispneia ou cansaço de início súbito) constituem a forma de apresentação em cerca de 30% dos doentes com Enfarte Agudo do

Miocárdio com Supra de ST (EAMcST), particularmente em diabéticos, idosos e mulheres.

 

Perfil de risco

Perante a suspeita clínica de uma SCA é fundamental considerar o perfil de risco cardiovascular do doente, particularmente nos casos de diagnóstico diferencial

mais difícil de estabelecer. A probabilidade de sofrer um evento coronário agudo é superior nos doentes de risco cardiovascular elevado ou muito elevado:

- Antecedentes de doença coronária  (EAM, angioplastia, cirurgia coronária); 

- Antecedentes de doença aterosclerótica noutros territórios vasculares (AVC, doença arterial periférica, doença renal crónica);

- Presença de fatores de risco cardiovascular clássicos: tabagismo, diabetes, dislipidemia, HTA e obesidade

 

ECG

Perante a suspeita clínica de SCA é crucial a realização de ECG de 12 derivações com a maior brevidade possível, idealmente nos primeiros 10 minutos

após o primeiro contacto médico.

A presença de supradesnivelamento persistente do segmento ST ou bloqueio completo de ramo esquerdo (BCRE) de novo ou presumivelmente de novo,

permite o diagnóstico imediato de EAMcST, que tem indicação para instituição de terapêutica de reperfusão emergente.

Nas SCA sem supra de ST, o ECG pode ser normal ou apresentar alterações de ST-T sugestivas de isquemia, e inclui o EAM sem supra de ST

se os marcadores de lesão miocárdica são positivos e a angina instável se a sua determinação seriada é negativa.

Neste caso, os doentes deverão ser submetidos a estratificação de risco isquémico e hemorrágico em ambiente intra-hospitalar,

para definição da estratégia de tratamento (invasiva ou terapêutica médica otimizada).

 

EAM anterior

Enfarte Agudo do Miocárdio anterior

EAM_inferior

Enfarte Agudo do Mocárdio inferior

EAM lateral

 Enfarte Agudo do Miocárdio lateral

EAM posteroinferior

Enfarte Agudo do Miocárdio posteroinferior